Desde de abril de 2005, a Irlanda também permite que o estudante brasileiro com o visto de estudos possa trabalhar legalmente as 20 horas semanais.

A grande vantagem da Irlanda é a facilidade para entrar no país. Você não precisa se preocupar em pedir visto, e nem se preocupar com prazo de visto. Na Irlanda, a sua permissão de trabalho é dada ao ingressar no país.

Desta forma você tem um destino facilitado para ingressar, agilidade na viagem, e ainda pode conhecer toda a Europa. Afinal, trabalhando na Irlanda você terá os seus dias de folga, que podem ser programados para fazer uma viagem para Paris, Londres, Amsterdan, Milão, Malta, Roma, Barcelona, Frankfurt, entre tantos outros destinos muito interessantes de se conhecer na Europa.

Para você estudar e trabalhar na Irlanda você precisa:
– Disponibilidae mínima 25 semanas de estudos na Irlanda.
– Curso com carga horária mínima de 15 horas/semana
– Assistência médica internacional com cobertura mínima de €$ 50.000,00
– Carta da escola reconhecida pelo governo Irlandês (ACELS)
– Disponibilidade de €$ 3.000,00 ao chegar na Irlanda para Abertura de Conta em Banco local.
– Mairo de 18 anos

Na Irlanda, o estudante não precisa de visto de estudos para realizar o curso de estudos e ter a permissão de trabalho. Na Irlanda o mínimo exigido é de 25 semanas de estudos para entrar no país com a permissão de trabalho.

A Irlanda é ideal para o estudante que não quer enfrentar o processo de visto, ou que quer fazer um embarca rápido. Pelo fato de não precisar de visto, você não terá a “chateação” de providenciar documentos pessoais ou documentos de algum responsável financeiro para a solicitação de visto.

Além disso, como você não precisa pedir um visto antecipado, o processo de embarque é mais rápido tendo em vista que você precisa somente fazer a compra do curso em escola credenciada ao Acels, acomodação, passagem aérea e seguro viagem.

O estudante ao chegar na imigração Irlandesa com a confirmação de matrícula em curso de inglês com duração mínima de 25 semanas e carga horária de 15 horas por semana receberá uma autorização de entrada. Dentro de 30 dias terá que fazer um processo burocrático para ter a permissão de trabalho.

Uma das partes do processo burocrático para poder trabalhar legalmente na Irlanda, é necessário que o estudante abra uma conta em qualquer banco do país. Para isso é solicitado um depósito inicial de 3.000 Euros. Esse dinheiro é do estudante, podendo fazer uso do mesmo após a permissão de trabalho, ou até mesmo fazer o saque do dinheiro se assim desejar.

Você não terá a sua garantia de emprego, mas nossas escolas possuem murais onde são colocadas periodicamente vagas de trabalho, possuem revistas e jornais que podem conter vagas de emprego, e ainda podem ajudá-lo orientando uma agência de vagas de emprego de qualidade para você.

Algumas escolas ainda oferecem o serviço de job-assistance, um serviço que pode ser gratuito ou pago, dependendo de cada escola e que auxilia no criação do seu curriculum vitae, dá dicas das melhores vagas e orientações rápidas que ajudam ainda mais você na busca do seu emprego.

É comum alguns estudantes informarem que é fácil arrumar emprego no exterior. De fato, arrumamos facilmente empregos em lojas, restaurantes, hotéis, bares, supermercados, etc. Mas é importante atentar-se que o seu nível de inglês facilitará a procura pelo seu emprego, bem como dar um leque maior de opções de trabalho e melhores remunerações.

Além do inglês a sua postura pró-ativa na procura por um emprego ajudará e maximizará o seu resultado.